13 de jun de 2016

Canavieiras: Educação e Desenvolvimento Humano foi tema da Aula Inaugural da Fadhuca


O professor-doutor em Sociologia Camilo de Lélis ministrou na noite de sexta-feira (11), no auditório da Secretaria da Educação, a Aula Inaugural da Faculdade de Desenvolvimento Humano de Canavieiras (Fadhuca). Com o tema Educação e Desenvolvimento Humano, o sociólogo da Universidade Federal do Rio Janeiro (UFRJ) ressaltou que educar é dar exemplo, o que é importante para a formação de novas lideranças. Para o professor, inicialmente, o homem é forjado em casa, no seio da família e cabe à escola o desenvolvimento do cidadão com os exemplos da humanidade apresentado pelos professores.

 Como exemplo, Camilo de Lélis demonstrou que o inter-relacionamento entre a política e a educação é muito importante e que o surgimento desses líderes tiveram como lastro a experiência e vida acadêmica. Para o sociólogo, hoje a tecnologia vem provocando mudanças bem mais rápidas, principalmente com a descoberta e difusão da internet e o aparecimento das redes sociais. “Entretanto, é de se ressaltar que podem surgir líderes positivos e negativos, para o bem e para o mal, numa velocidade nunca vista”, ressaltou Camilo de Lélis. Ainda, na opinião do sociólogo, a crise é uma grande “fábrica” de líderes, que apresentam novas ideias, vindas, sobretudo, das academias, daí a importância de se criar um ambiente propício.

 É a academia o ambiente natural para despertar na juventude a vontade de pensar e que se tenha resposta para as artes, a economia e a política. Agir não é fazer de qualquer forma e nesse ambiente que se questionam os problemas e se buscam as respostas”, explicou o professor. O professor Camilo de Lélis destacou o surgimento de líderes durante a história e evolução da humanidade, a começar pelos personagens bíblicos, passando pela Revolução Francesa até chegar aos nossos dias. “A sociedade muda conforme o tempo, mas são nas crises que apareceram as grande lideranças da história”, disse o sociólogo. Exemplo de vida - O prefeito Almir Melo, que atuou como mediador do debate, comparou a educação à metáfora do livro Fernão Capelo Gaivota, cujo autor, Richard Bach, usou a gaivota como personagem principal do livro como um exemplo de vida. 

sobre a importância de se buscar propósitos mais nobres para a vida. “Como o pássaro que se preocupava com tudo a sua volta, o homem tem que acreditar nos seus sonhos e buscar o que quer, mesmo nos ambientes de dificuldades. E essa é uma demonstração de liderança”, exemplificou Almir Melo. Segundo o diretor da Fadhuca, Márcio Policarpo, a aula inaugural deve ser apresentada
como um evento magno, de destaque, com a finalidade de mostrar aos futuros acadêmicos que a educação é um processo constante de de grande significado na vida das pessoas. Para o professor, a educação deve ser vista com muita seriedade, pois conscientiza conscientiza as pessoas para o viver em sociedade. 

No entender do professor Márcio Policarpo, cada um tem muito o que contribuir com a sociedade, a cidade em que vive e a educação é um processo constante de inter-relação entre a pessoa e a sociedade. “Se particularizarmos essa relação com Canavieiras, iremos refletir sobre qual a cidade que queremos e o que poderemos fazer mais para que ela seja a cidade que desejamos”, fianlizou.
 

Jabinho Sena Copyright © -- Site criado em 25/06/2011 #Camacan Bahia# 2011/2015