WhAtsapp

WhAtsapp

sábado, 13 de dezembro de 2014

Jovem é demitido por ‘brincar’ que estupraria deputada

Jovem é demitido por ‘brincar’ que estupraria deputada
Foto: Reprodução / Facebook
Um jovem sofreu retaliações e foi demitido após declarar no Facebook que estupraria a deputada Maria do Rosário. Identificado como Diego Bellizi, o rapaz se baseou nadeclaração polêmica do deputado federal Jair Bolsonaro de que não estupraria a parlamentar porque “ela não merecia” e “não era digna dele”. O carioca publicou, então, uma foto com um cartaz que dizia “Eu estupraria a Maria do Rosário... mas com os dedos, porque com aquela cara #nemcomviagranaveia”. A imagem chegou até a própria deputada, que a compartilhou em seu perfil no Twitter. "Vejam isso. Quem para isso agora contra cada uma das mulheres do Brasil? Isso tem que parar!", desabafou. O jovem tentou justificar que foi uma brincadeira, mas acabou demitido do local onde estagiava e começou a sofrer críticas de internautas. "Achei que seria mais uma besteira da internet para os meus amigos. Não fui influenciado, quis dar opinião sobre o assunto, fiz uma charge fotográfica que não foi muito bem aceita. Poucos se sentiram ofendidos. Os que se sentiram ofendidos não entenderam muito bem a charge. Peço perdão às mulheres e aos homens que se sentiram ofendidos e à deputada Maria do Rosário", disse em entrevista ao jornal Extra.

0 comentários:

Postar um comentário