WhAtsapp

WhAtsapp

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Homicida é condenado a 14 anos de prisão em Camacan

O Tribunal do Júri de Camacan foi convencido com as provas apresentadas pelo Ministério Público Estadual e condenou José Nilson Miranda dos Santos a 14 anos de prisão em regime fechado. José Nilson foi condenado por homicídio qualificado por motivo fútil, sem possibilitar defesa para a dona de casa Adenilza Martins dos Santos. 

A mulher foi atacada a golpes de canivete enquanto brigava com a filha do acusado. O crime ocorreu em 28 de julho de 2012. A promotora Catherine Oliveira Cunha destacou que a condenação aconteceu um dia depois do Dia Internacional de Combate à Violência contra a Mulher, celebrado em 25 de novembro. A sessão foi presidida pela juíza Emanuele Vita Leite Armede. 

Ao anunciar que a pena será cumprida em regime fechado, a magistrada levou em consideração a gravidade do delito e o réu já cumprir outra pena. Esta é a segunda mulher que José Nilson mata. Em 2010, ele assassinou a esposa, dizendo que ela estava lhe traindo. (A Região)

0 comentários:

Postar um comentário