WhAtsapp

WhAtsapp

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Torcedor que invadiu gramado da Fonte Nova é preso por fingir ser cadeirante

O torcedor que invadiu o gramado da Arena Fonte Nova durante o jogo entre Bélgica e EUA foi indiciado por estelionato porque se passou por cadeirante para entrar no estádio - a estratégia é usada para ficar mais perto do campo e ter uma facilidade maior para a invasão. Mario Ferri já é conhecido por invadir várias partidas em seu país, na Itália, sempre usando uma camisa do Super-Homem. Ferri também invadiu o campo na semifinal entre Espanha e Alemanha no último Mundial, em 2010. Agora indiciado, Ferri foi preso e encaminhado para um juiz, que deve determinar o valor de sua fiança. A Polícia Federal também foi notificada sobre o caso. Hoje, Ferri trazia em sua camisa uma mensagem pedindo que as crianças da favela sejam salvas e uma em lembrança de Ciro Esposito, torcedor do Napoliq que morreu depois de ser baleado antes de um jogo do campeonato italiano. Ele conseguiu correr por quase um minuto antes da segurança perceber o que acontecia - antes, Ferri trocou um cumprimento com Eden Hazard e foi abordado por Kevin De Bruyne, ambos da seleção da Bélgica. Cinco homens então se aproximaram e retiraram o torcedor. Na partida, a Bélgica venceu por 2 a 1 na prorrogação e vai para as quartas de final, quando encara a Argentina.

0 comentários:

Postar um comentário