WhAtsapp

WhAtsapp

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Ação que acusa Feliciano de discriminação é liberada para julgamento

Marco Aurélio Mello, ministro do STF, liberou nesta segunda-feira (09) a denúncia feita pela Procuradoria Geral da República contra o deputado federal Marco Feliciano (PSC -SP). A acusação é pelo crime de discriminação considerada homofóbica uma frase postada pelo ex-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados em seu Twitter. A mensagem era: "A podridão dos sentimentos dos homoafetivos levam ao ódio, ao crime, à rejeição". O julgamento ainda não tem data para acontecer, porém sabe-se que não será feito pelo plenário e sim por cinco ministros. Marco Feliciano foi presidente da Comissão de Direitos Humanos no ano passado e teve durante seu mandato vários embates envolvendo militantes em defesa dos homossexuais. Durante as manifestações de 2013

0 comentários:

Postar um comentário