WhAtsapp

WhAtsapp

quarta-feira, 22 de março de 2017

Friboi faz propaganda para tentar convencer consumidores e veja no que deu



A propaganda da JBS feita para tentar convencer os consumidores a voltar a consumir produtos da empresa após a Operação Carne Fraca teve um efeito colateral ao ser divulgado nas redes sociais. Lançada nesta terça-feira (21), uma cena não conseguiu passar despercebido pelos consumidores: a imagem de uma peça de picanha com a data de validade em 2013 virou alvo de críticas e de piadas.

A campanha tem como título “JBS: Qualidade é prioridade”. A carne tem data de validade 11 de maio de 2013, mesmo ano de produção da carne. A imagem aparece aos 14 segundos do filme, no momento em que o vídeo trata da empresa como "referência mundial em qualidade e segurança alimentar".

Em nota, a JBS informou que o vídeo foi feito a partir de imagens de arquivo da empresa. O grupo disse que o filme deve ser alterado. “A campanha prevê novas versões e atualizações que devem ser veiculadas ao longo dos próximos dias, reforçando o compromisso da companhia com alta qualidade e segurança alimentar em todos os produtos de suas marcas.”

A JBS informa ainda que ela “e suas subsidiárias atuam em absoluto cumprimento de todas as normas regulatórias em relação à produção e a comercialização de alimentos no país e no exterior e apoia as ações que visam punir o descumprimento de tais normas”. Fonte: Correio 24hs.

segunda-feira, 28 de março de 2016

Prazo para tirar ou regularizar título de eleitor termina no dia 4 de maio


O prazo para transferir o título de eleitor ou pedir a emissão do documento (no caso de jovens com mais de 16 anos) termina no dia 4 de maio neste ano. Isso porque a solicitação deve ser feita até 151 dias antes da votação, que acontece em outubro, como estabelece o calendário eleitoral. Quem está com o título cancelado por ter deixado de votar no último pleito também tem até esta data para regularizar a situação. Neste ano, o primeiro turno das eleições municipais, que vão definir os novos prefeitos e vereadores, está marcado para o dia 2 de outubro. Nas cidades em que houver segundo turno, ele ocorrerá no dia 30.

Documentos necessários: Para tirar um novo título, é preciso apresentar documento oficial com foto e comprovante de residência. Quem completar 16 anos até a data do 1º turno pode requerer o documento, mas não é obrigado. Homens com mais de 18 anos também devem levar o certificado de quitação do serviço militar.

Transferência: Quem tem título mas mudou de cidade ou estado e quer pedir a transferência do domicílio eleitoral deve levar o título, um documento com foto e um comprovante de residência – é necessário residir no novo domicílio há pelo menos três meses. O prazo também vale para o eleitor que mudou de residência dentro do próprio município (já que o local de votação poderá ser alterado).

Regularização: Quem deseja regularizar a situação perante a Justiça Eleitoral deve comparecer ao cartório mais próximo de casa munido de documento oficial com foto e comprovante de residência. Além disso, é preciso pagar a multa por turno que deixou de votar.

Eleitor com deficiência: No dia 4 de maio termina também o prazo para o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida pedir a transferência do local de votação para uma seção eleitoral especial. Essas seções têm acesso facilitado, como rampas e elevadores.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o cidadão com deficiência é um eleitor comum e tem a obrigação de votar, como todas as outras pessoas alfabetizadas que tenham entre 18 e 70 anos. No Brasil, o voto é facultativo para analfabetos, adolescentes entre 16 e 18 anos e idosos com mais de 70. Quem deixa de comparecer ao colégio eleitoral no dia do pleito e não justifica a ausência pode ter o título cancelado e ser proibido de obter financiamento em banco público, matricular-se em instituição federal, tirar passaporte e assumir cargo público.

Título Net: No site do TSE, é possível iniciar o requerimento de transferência de domicílio e revisão de dados cadastrais. O objetivo é tornar mais ágil o atendimento nos cartórios eleitorais, onde o processo é concluído. Depois de fazer a solicitação pela internet, os eleitores devem comparecer às unidades de atendimento da Justiça Eleitoral, com a documentação exigida, para concluir os serviços pedidos e receber o título. Em caso de não comparecimento do cidadão, o requerimento é invalidado.


Biometria: Nas cidades do país que terão votação com identificação biométrica (por meio das digitais), o eleitor passará pelo cadastramento eletrônico ao tirar um novo título, transferir o documento ou regularizar sua situação eleitoral. O recadastramento tem sido feito, gradativamente, em todo o país. No site do TSE, o eleitor pode se informar sobre a situação ou a previsão do processo de recadastramento em cada cidade.

Esquema de asilo político de Lula está montado. O destino será a Itália


Plano engendrado nos bastidores petistas não permitirá uma eventual prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, caso esta venha a ser decretada. Presentemente, a situação está tranquila, vez que o processo encontra-se nas mãos do ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal. Porém, é certo que após analisada a questão que envolve a presidente Dilma Rousseff, detentora de foro privilegiado e com a manutenção da suspensão da posse do ex-presidente no ministério da Casa Civil, quando também passaria a ter foro privilegiado, o processo fatalmente retornará para a 1ª instância, sob a responsabilidade do temido juiz federal Sérgio Moro. O plano de fuga teria começado a ser arquitetado após a condução coercitiva de Lula. Numa ligação flagrada entre Lula e Alberto Carlos Almeida, um cientista político, proprietário do Instituto Análise, um dos principais conselheiros do ex-presidente, todo o temor foi revelado. Este disse a Lula que teria lido os relatórios do juiz Sérgio Moro e que juridicamente o ex-presidente estaria totalmente sem saída, aconselhando-o a assumir com urgência o ministério. Antes porém o plano de fuga já avançava, com a escolha para o ‘asilo político’ recaindo sobre a Itália, em razão de dona Marisa Letícia ter cidadania italiana e o direito ser extensivo aos filhos, também investigados na Operação Lava Jato. Com a frustração do plano ‘A’, que seria a obtenção do foro privilegiado para Lula, o plano ‘B’, a fuga, passou a ser tratado com mais denodo e detalhamento. A ideia era no caso de uma eventual decretação da prisão preventiva, Lula se refugiaria numa embaixada e efetivaria uma saída negociada do país, o que não seria difícil. Entretanto, o plano vazou, noticiado pela revista ‘Veja’. Assim, provável decisão do STF para que as investigações envolvendo o ex-presidente retornem para a 1ª instância, poderá determinar a fuga imediata de Lula para a Itália. (Fonte: redacao@jornaldacidadeonline.com.br)

quarta-feira, 16 de março de 2016

Ambulância cai em açude; médica, motorista e paciente morrem


Um acidente na tarde desta terça-feira, 15, por volta das 17h40min, na rodovia PR 449, entre Coronel Domingos Soares e Palmas, provocou a morte de três pessoas. Uma ambulância que seguia para Palmas saiu da pista e caiu dentro de um açude. Morreram na hora Alibet Chavez Cabrera, média cubana do Programa Mais Médicos em Coronel Domingos Soares; o motorista Josué Ferreira e mais o paciente Joao Carlos Miranda Paes, 66 anos. Uma enfermeira e a filha do paciente, que ainda não tiveram os nomes divulgados, estavam na Van e sobreviveram. (Jornal Beltrão)


Noiva é assaltada na porta da igreja em Caruaru



Um dia de festa e comemoração foi interrompido pela ação de bandidos em Caruaru, município do Agreste de Pernambuco. Uma noiva, minutos antes de realizar o próprio casamento, teve o celular e até o buquê roubados na noite dessa terça-feira (15). Ao estacionar no local, o veículo no qual estava a noiva e uma amiga foi assaltado por um homem armado que conseguiu levar até o buquê da mulher, além de celulares. De acordo com o padre responsável pela instituição, somente este ano a igreja já foi assaltada quatro vezes e duas dessas investidas foram durante a realização de casamentos. A polícia foi acionada, porém, até o momento, não conseguiu encontrar os suspeitos.